Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Feliz dia dos N(AMOR)ados!

Pra quem tem um cobertor de orelha dos bons o dia dos namorados é super bem vindo, presentes, declarações, beijos, amor... Ah o amor, esse sentimento que embriaga e entontece... (Não, não! O amor não embriaga e entontece ninguém, quem faz isso é a paixão!) Os apaixonados são os iludidos, pois vivem uma experiência fantástica como se estivessem sob o efeito de uma poderosa droga. Sim, a paixão é uma droga. Quando apaixonados somos capazes de absurdos, de cometer atos ridículos, de perder realmente o juízo e a noção do certo e o errado. Pessoas largam tudo quando estão apaixonadas, abandonam emprego, estudo, situação financeira. São capazes de deixar a mordomia de um lar confortável para viver em um cubículo no fim do mundo junto da razão de sua vida. É lindo, profundo, intenso... um perfeito enredo Shakespeariano! Mas paixão é assim, vem com tudo e passa rápido - chuva de verão. Amor, não. Chega sereno, traz paz, conforta... faz bem e no entanto não faz com que nos sintamos drogados, po

A sombra de todos nós

É certo que existe dentro de todos nós um lado sombrio, somos humanos e nesta condição somos seres passíveis de sentir ódio, inveja, ciúme, sentimentos estes que quando em desequilíbrio podem nos levar a cometer atos que em sã consciência seríamos incapazes de fazer. Temos como exemplo esse novo caso exposto na mídia: O assassinato e esquartejamento do executivo da Yoki. A esposa movida totalmente por seu lado sombra em descontrole fez o que fez, num ato de impulso onde o ódio e o ciúme foram os principais motivadores. Nosso lado sombra revela os nossos mais perigosos instintos, mas que também fazem parte do que somos,  mas para que possamos viver com essa sombra é preciso que haja equilíbrio e isso nem sempre é fácil. Nossas emoções vivem a todo momento sendo postas à prova, temos que lidar com nosso lado emocional em diversas situações do dia-a-dia e com frequência nos vimos perdendo o controle, agindo por impulso, dizendo o que não devíamos e depois nos vimos tendo de arcar com as c

Você só atrai cafajestes?!

Ouço constantemente de muitas mulheres a mesma lamentação: "Não aguento mais, na minha vida só aparece cafajeste..." Então venho aqui hoje para mais uma vez salientar que você atrai exatamente aquilo que transmite. Nós somos como perfeitos imãs, nossos pensamentos e sentimentos estão constantemente enviando ao universo todas as informações que vibramos. Não é por acaso que só aparecem cafajestes na sua vida, você os atrai e consequentemente é atraída por eles. Existem mulheres da mesma categoria por aí, cujo comportamento e atitudes são semelhantes aos dos homens cafajestes e mais do que isso, talvez mais importante ainda são os padrões de pensamentos que te enquadram na mesma sintonia, tipo: "Os homens não prestam", "Eu nasci para sofrer", "Nenhum homem me valoriza", " O amor é sentimento que faz sofrer"- Com padrões como esses de pensamentos você vibra a todo instante que não se sente valorizada, que não acredita no amor e que não acr

Agradar em excesso = expectativa de amor em troca

Por mais incrível que possa parecer, este tipo de situação ocorre com uma enorme frequência e, diga-se de passagem, quem um dia já não se viu ultrapassando seus próprios limites para agradar a alguém. Por vezes, ferimos nossos sentimentos, tentamos achar que atitudes de desprezo, rejeição e pouco caso, são situações passageiras e, com o tempo, a outra pessoa perceberá o tanto que faço por ela. Todo esse excesso de atenção que dispensamos a alguém, esperando algo em troca, tem como origem uma situação de trauma, sofrimento intenso ou rejeição que pode ocorrer em qualquer fase de sua vida, mas que se não for eliminada se transformará em um bloqueio energético. Você passará, então, ao longo de sua vida a viver um número infinito de situações onde faz tudo pelo outro, e nada recebe em troca.  Esta pode ser a maior descoberta de sua vida, pois perceberá as atitudes que a impedem de viver de uma maneira plena e que realmente valha a pena. Quando este desejo de descobrir a dor ori

Excesso de ansiedade pode estragar o que mal começou

Quando um relacionamento está começando ou para começar, a maioria das pessoas costuma se encher de ansiedade, expectativas e até ilusões sobre o que pode acontecer. Sim, eu disse "pode". Assim como também pode ser que não aconteça. Ou seja, enquanto não tivermos "bola de cristal", não temos como prever o futuro. Não temos certezas nem garantias.   Sendo assim, relacionar-se é um exercício, uma possibilidade, um risco, uma tentativa. E é justamente por saber disso que muitas pessoas se deixam afogar pelo medo de que as coisas não aconteçam como elas gostariam. Inconscientemente, para aplacar esses sentimentos tão incômodos, tentam driblá-los criando expectativas e ilusões. Mas nem se dão conta de que o excesso de pensamentos e a tentativa de controlar seus desejos só servem para gerar mais e mais ansiedade. Daí, resta aquela sensação de urgência, aquele "buraco no estômago". O coração acelera, o humor fica instável e todo o corpo parece se mobilizar na ten