Arquivo do Blog

sábado, 17 de agosto de 2013

Relacionamentos virtuais sim ou não?

Toda forma de amor é válida. O mundo virtual é mais um ambiente onde as pessoas se conhecem, conversam, compartilham, enfim...

Entre tantos sites de encontros, facebook e demais comunidades por aí a fora, rola amizade e rola também o amor.

O importante mesmo é quando a pessoa percebe que a internet é apenas um meio e não um fim, ou seja, que o relacionamento não se eternize no universo virtual porque aí sim eu digo não!

Trocar alguns e-mails, bate-papos pelo skype ou facebook, sms, até aí tudo bem porque é coisa que faz parte da conquista, mas surge o problema quando essa história se estende demais e... nada de beijo na boca? Nada de abraços apertados? Nada de ouvir a voz arrepiando o pescoço? Cadê as mãos dadas? O cheiro? O toque? "Cutucadas" só mesmo no facebook...aff

Amor platônico, até existe, já dizia Platão... mas cá entre nós, ninguém quer um amor assim, quer? 
A verdade é que quando se chega ao ponto de um ou outro postergar demais a grande hora do encontro é quase certo de que tem caroço no meio desse angú! Existem vários motivos que podem prender uma pessoa no mundo virtual: timidez, insegurança, baixa auto-estima onde a pessoa se acha um zero à esquerda e ninguém vai gostar dela ou é alguém que já tem compromisso e  por isso só usa o namoro virtual para satisfazer alguma carência, pode ser uma pessoa com transtornos mentais, tipo maníaco, deprimido, dependente químico ou até mesmo caolho, perneta ou tenha uma marca de nascença muito horrível no rosto, vai lá saber, né? Por isso tudo que quanto mais souber a respeito da pessoa, melhor para você, mas não adianta apenas levar em consideração o que essa pessoa fala ou escreve porque ela pode dizer qualquer coisa! O bom mesmo é manter suas anteninhas bem ligadas para perceber qualquer sinal de alerta.

Alguns exemplos de alerta:
  • A pessoa nunca aparece numa webcam
  • Só te mostrou uma foto( pior ainda se for usando óculos escuros e boné)
  • Não comenta a respeito de encontros na vida real
  • Se você convida para um encontro a pessoa inventa desculpas
  • Fala demais de si mesmo 
  • Mostra muitas fotos sempre querendo parecer o bonzão ou a boazuda (o tipo enganador)
É preciso ter cautela para perceber logo quando se está numa roubada e assim cair fora então continuar tentando porque cair no papo de um enganador é fácil, principalmente para mulheres carentes! Mulherada, não se deixem cair num papo seboso como os desses caras, eles são espertos porque ficam enxendo a mulher de elogios, galanteios e declarações de amor sheikespeareanas... eles te estudam antes de começar as investidas, investigam seu facebook, olham suas fotos pra saber se você viaja muito, se ostenta jóias, se tem família, casa, carro... tudo isso porque eles sabem exatamente por onde pegar vocês e vocês sabem bem porque eles querem pegar vocês, não sabem? 

Tirando esses tipos, que aparecem com certeza o tempo todo, ainda sobra uma ótima porcentagem de gente interessante e decente que está mesmo afim de encontrar alguém para amar e é nesses que eu acredito e vejo constantemente que o amor vale a pena, pois são pessoas que se aproximaram, se conheceram um pouco pela internet e sem demora já foram se conhecer pessoalmente. Conheço casais que namoram firme depois de terem se conhecido pela internet, outros que já se casaram e tiveram filhos... enfim, eu mesma sou protagonista de uma história dessas porque conheci o meu grande amor por meio da internet.

Para os relacionamentos que apenas começam virtuais e que se transformam numa bela história de amor EU DIGO SIM!





Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário