Arquivo do Blog

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Tarô 8 de copas - Lidando com a rejeição

lidando com a rejeição
Entre tantas cartas que expressam tão bem a representação do 8 de copas, encontrei esta que mostra bem um aspecto desta carta que quero colocar aqui hoje.

As cartas do 8 de copas geralmente mostram uma cena onde há escuridão, tristeza e dor, porém esta carta mostra uma situação diferente onde a mulher está partindo, dando as costas ao ambiente escuro, vislumbrando em sua frente uma noite clara e enluarada com pássaros voando. É o momento da saída da caverna, do entedimento desta etapa e de sua necessidade. Depois que a compreensão se instala e então a pessoa que já esteve no fundo do poço, já chorou, já encarou suas piores dores, se aceita e abandona aquele estado.

Nesta carta também o 8 de copas está bem determinado com 5 taças à esquerda e 3 à direita, nos remetendo então as cartas 5 de copas e 3 de copas, onde 5 de copas na posição do passado, mostra que as mágoas, ressentimentos e dores ficaram para trás e o 3 de copas na posição do futuro, revela esperanças, desejos de melhores dias e de comemorações no amor como as expectativas futuras. 

Quando essa carta sai numa consulta, vem mostrar à pessoa que é chegado o momento de enfrentar as dores, olhá-las de frente e não temê-las porque muitas vezes por medo de sofrer ainda mais evitamos olhar para nossas feridas na ilusão de que elas possam sumir com o tempo se forem ignoradas, mas elas não somem, continuam ali doendo vez ou outra. A carta 8 de copas vem trazer o remédio amargo que cura e para tomar essa dose é preciso coragem e vontade de mudar. Infelizmente uma quantidade bem grande de pessoas prefere deixar o remédio de lado e vai levando a vida curtindo dores por medo de se enfrentar.

Recentemente estive com uma cliente que reclamava muito triste de suas dores emocionais que segundo ela, vinham da rejeição de um homem que ela amava muito. Esse homem a procurava, ficavam juntos por um tempo e no momento em que ela se sentia mais feliz ele a abandonava, simplesmente sumia. Ela vivia essa situação de idas e vindas por mais de cinco anos, sempre o aceitando cada vez que ele voltava e em todas as vezes ele a abandonava novamente e a sua dor havia se tornado ainda maior porque no ultimo sumiço dele ela soube que ele havia se casado. Essa cliente chorava muito e era nítida pra mim a dor que ela sentia, a dor da rejeição.

"Por que ele fez isso comigo? Eu sempre fui tão compreensiva com ele..."

Me canso de dizer que quando um homem ama uma mulher, ele fica com ela! É difícil que a pessoa se convença de que não era amada, de que o homem não se importava e não a valorizava. 

" Ele vivia dizendo que me amava..."

Dizer é uma coisa, sentir e demostrar amor é outra coisa. Falar todo mundo fala o que quer, mas o amor é para ser sentido e ele se sente nas demonstrações, nos gestos, no dia a dia. Como acreditar que um homem que some e de repente aparece casado pode amar você?

" Eu nunca peguei no pé dele, nunca falei do meu desejo de casar com ele para não pressioná-lo."

Eis aí outro problema. Porque as mulheres insistem em esconder o que querem? Será que ainda esperam que eles adivinhem? É preciso deixar esse medo de lado de uma vez por todas porque o grande medo de falar o que querem é  depois verem o homem as deixando, indo embora. Oras, não é melhor saber logo qual é a deles? Se ele for embora então já fica claro para você que é hora de parar de sonhar e fazer a fila andar. Para que ficar sofrendo a espera dele tomar uma decisão algum dia? Fale! Se manifeste! Mostre o que você quer e o que espera do relacionamento. O pior que pode ouvir é um não, e daí? Ouvir um não nessa hora pode ser bem menos doloroso do que um silêncio torturador.

O fato é que não adianta querer tapar os buracos emocionais, eles apenas se resolvem depois que forem notados, tratados e compreendidos. Se está doendo, cuide, afinal trata-se de você mesmo(a), da sua alma, da sua vida... Olhe aí para dentro e veja essas feridas, ouça o que elas tem para dizer, enfrente, encare e tenha coragem suficiente para tocar nelas.

A carta 8 de copas mostra o momento em que as dores são vivenciadas, tudo vem a tona e nesse momento você percebe o quanto é forte porque está resistindo, o quanto tem capacidade de lidar com essas questões difíceis porque está se permitindo e será nessa força que verá as feridas finalmente cicatrizarem e então você fará o movimento da carta colocada aqui, irá dar às costas para a sua escuridão, não mais ignorando-a, mas saindo com a leveza de quem fez sua parte e agora está pronto(a) para viver outras histórias e novas emoções.



Taróloga Drika Gomes








Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

2 comentários: