Pular para o conteúdo principal

No amor e na amizade - quando é preciso apertar os laços

Os relacionamentos são um organismo vivo, sendo assim precisamos alimentá-los, cuidar deles, fazer com que a vida que existe dentro dessa relação tenha movimento e ligação.

Claro que isso não é fácil, requer de nós esforço, empenho, muita paciência, mas principalmente uma incrível boa vontade para fazer com que tudo fique bem. 

Vou ser extremamente verdadeira quando digo que pode ser muito cansativo e chato tentar ficar adivinhando onde deixou pontos falhos, onde foi que a costura não pegou direito ou afinal de contas, o que foi que você fez ou disse para que o outro se magoasse, distanciasse ou esfriasse com você. É certo que cada pessoa é um universo e sendo assim todos somos diferentes, podemos ter semelhanças, mas são as diferenças que muitas vezes nos colocam em atritos e nos botam em cheque diante de outro alguém, mas e aí? Como lidar com isso? Será que é melhor virar a cara, ficar emburrado num canto e sumir?

Sou da opinião de que o diálogo é sempre o caminho mais certo, mas um diálogo é quando um fala e outro escuta e vice-versa, é quando você dá espaço para conhecer o ponto de vista do outro e tentar entender, se colocar em seu lugar e a partir daí se observar por meio de outros olhos. A verdade é que ninguém é tão bom que saiba exatamente quem é, nossa visão sobre nós mesmos é limitada pela nossa consciência e percepção, sempre iremos depender das pessoas se desejarmos mesmo saber quem somos, pois se tornam nosso termômetro e nosso espelho.

Lidamos com pessoas diariamente e tenho plena consciência que um pouco de política se faz necessária em qualquer tipo de relacionamento. Não dá pra levar tudo à ferro e à fogo porque assim teremos muito mais facilidade em destruir do que construir e fortalecer laços, para uma pessoa tão ariana quanto eu, confesso que a política não é meu forte, mas a gente aprende, vamos quebrando um gelo daqui e outro dali, largando as flechas e escudos pelo chão, aos poucos, enfim o que vale é a disposição em se permitir apertar os laços.

Os conflitos, desentendimentos e confrontos sempre irão existir e acredito que é até muito saudável, são movimentos dentro das relações que nos obrigam a mudar de rumo, trocar posturas, exercitar outros pensamentos e utilizar novas ferramentas. O que não é legal é permanecer imóvel, estático, seja por birra, orgulho ou vaidade - o que não nos leva a lugar algum.

A vida só é vivida quando está em movimento!




Drika Gomes
Taróloga e terapeuta









Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tarô 8 de copas - Lidando com a rejeição

Entre tantas cartas que expressam tão bem a representação do 8 de copas, encontrei esta que mostra bem um aspecto desta carta que quero colocar aqui hoje. As cartas do 8 de copas geralmente mostram uma cena onde há escuridão, tristeza e dor, porém esta carta mostra uma situação diferente onde a mulher está partindo, dando as costas ao ambiente escuro, vislumbrando em sua frente uma noite clara e enluarada com pássaros voando. É o momento da saída da caverna, do entedimento desta etapa e de sua necessidade. Depois que a compreensão se instala e então a pessoa que já esteve no fundo do poço, já chorou, já encarou suas piores dores, se aceita e abandona aquele estado. Nesta carta também o 8 de copas está bem determinado com 5 taças à esquerda e 3 à direita, nos remetendo então as cartas 5 de copas e 3 de copas, onde 5 de copas na posição do passado, mostra que as mágoas, ressentimentos e dores ficaram para trás e o 3 de copas na posição do futuro, revela esperanças, desejos d

Você é uma Princesa de Espadas?

O naipe de espadas sempre traz uma energia muito forte de raciocínio e poder mental, portanto, essa princesa tem essas características marcantes. Ela foge do convencional, possui uma alma guerreira, tem convicções, propósitos e ideias pelos quais ela costuma lutar.  A princesa de espadas sabe da sua posição e por ser mulher não aceita se subjugar e aceitar antigos conceitos que a prendam ou a condicionem a ser uma mulher à espera de seu príncipe, ela não é sonhadora, nem muito romântica, ela é prática e gosta de agir. A princesa de espadas carrega em si o masculino e o feminino de forma que se sente muito confortável transitando por esses universos. Ela planeja, administra, calcula e age ao mesmo tempo que nutre em si a doçura e a feminilidade que despontam em momentos únicos e para poucos. Ela deseja ter ao lado um príncipe com honradez, com fortes ideais, um homem com quem possa se conectar mentalmente. Ela prefere os inteligentes, perspicazes e audaciosos. É uma princ

Descubra seu ascendente e signo Lunar

Para saber seu signo ascendente é preciso que saiba a hora exata do seu nascimento ( consta na certidão de nascimento). Signo ascendente representa a forma como se mostra para as pessoas, a forma como as pessoas te enxergam de primeiro momento. É nossa embalagem. Signo Lunar representa a forma como sente o mundo, as coisas e as emoções, a forma como reage emocionalmente diante da vida. Para saber qual é seu ascendente e seu signo lunar Clique aqui