Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

A carta do Diabo - O instinto

Drika Gomes taróloga Eis aqui uma bela imagem que simboliza muito bem o significado que quero dar para a carta do diabo.  Ele não é mau, mas também não é bom. O diabo está livre de conceitos, regras, normas e moral, para ele o universo do homem não se divide no certo e no errado, no positivo e no negativo, nem no masculino e feminino. O diabo representa a unificação das forças, formando uma única energia que é a energia do instinto. O diabo é o detentor de nossas necessidades mais básicas como a fome, a sede e o desejo sexual. É o nosso ser primitivo que age por impulsos e por sensações.  Se vivêssemos num mundo onde nós, seres humanos, não aprendessemos regras de condutas morais, de bons constumes e normas de sociedade, seríamos como o diabo, agindo instintivamente. Portanto o diabo representa aquilo que existe de mais primitivo e animal em nós, representa as nossas necessidades básicas, o ego, o eu egoístico. Na simbologia do diabo nos deparamos também co

O valor da fé na carta da estrela no tarô

Vamos falar hoje sobre a fé, mas afinal o que é a fé? Para mim  nada mais é do que acreditar naquilo que os olhos não vêem, ter dentro do peito uma esperança única que me faz crer que existe uma força maior, muito maior do que eu e que essa força é que rege todas as coisas no universo. A carta da estrela é repleta desse significado, pois observe que a mulher olha para o alto, mostrando sua busca em algo superior, seu recipiente com água transbordando, mostra o transbordar dos sentimentos de forma serena e cristalina, o pássaro que a observa do alto, mostra que toda a natureza está em sintonia com ela, pois a fé a conduziu a um estado de espírito de paz e harmonia. As estrelas brilhando em seus cabelos refletem sua luz interior, sua serenidade e confiança. A carta da estrela sempre traz a mensagem da esperança, mas não uma esperança qualquer, a esperança da fé!  Ter fé é acreditar simplesmente, se munir de uma segurança interior e uma confiança que te fazem sentir tranqu

Se abrindo para a vida

por  Isha Toda vez que eu olho para a minha vida com um “não”, ou com uma ideia melhor de como as coisas deveriam ser, estou negando a vida. Como eu não posso controlar o jogo, não o jogarei. Como não consigo entender, então não vou aceitar. A obsessão de um intelecto medroso chega a extremos; suas complicações drenam a alegria da vida. Nós fazemos isso automaticamente, jamais imaginamos não ter ideias preconcebidas, é inédito para o nosso intelecto e inteligência. Mas, e se por um momento damos permissão para experimentar o que é, sem colocar uma ideia de como deveria ser? Como você pode se transformar de vítima em criador? Concentrando-se na consciência, na profundidade silenciosa que está dentro de todos nós, até se tornar uma mente sem pensamentos. Por quê? Não há um porquê. Apenas é. Quando sinta que está resistindo ao que é, pensando que algo poderia ser melhor neste momento ou que algo é injusto, deixe-o ir. Lembre-se que quando você deixa fluir, quando você se rende, você está

Pessoas mimadas - no tarô a carta do mago

Pessoas mimadas querem tudo no seu tempo e do seu jeito, são ansiosas porque simplesmente não suportam esperar que as coisas aconteçam num tempo que não é o seu, pois têm dificuldade de aceitar e entender as necessidades e pontos de vistas dos outros. Pessoas mimadas pensam nelas em primeiro lugar, embora muitas vezes acreditem com veemência que dão importância demais aos outros, mas isso não passa de um modo de ver as coisas um tanto quanto destorcido e isso é bem simples de se entender porque sentem uma necessidade imensa de serem agradados, de terem suas necessidades sempre supridas e como nunca querem ser contrariados procuram fazer de tudo para mostrarem-se bonzinhos, compreensivos, sempre querendo ajudar, mas esse comportamento tem como pano de fundo um enorme desejo de poder controlar as pessoas em sua volta, fazendo assim com que todos as vejam como pessoas maravilhosas e desta forma recebam de todos atenção, elogios e aplausos! E quando isso não acontece? Ah, é o mais puro dra

Você sabe dizer - NÃO?

Num mundo em que os "coitadinhos", os "bonzinhos" e os "solícitos" são evidenciados a torto e a direito pela sociedade e nos programas de domingo na tv, quem diz não ganha a imagem de vilão, de gente de sangue ruim, de egoísta e frio. As pessoas querem ser aceitas, querem que os outros as vejam como importantes e especiais. Ninguém gosta de ser posto de lado, colocado de escanteio, ignorado e ser olhado pelos cantos dos olhos - fruto do julgamento e condenação de outros.  Quais são os seus motivos para ter medo do NÃO? "EU QUERO QUE GOSTEM DE MIM, POR ISSO DIGO SIM." "EU TENHO MEDO QUE ELE ME ABANDONE, POR ISSO DIGO SIM." "EU NÃO QUERO VIVER NA SOLIDÃO, POR ISSO DIGO SIM." São inúmeros os motivos que levam alguém a evitar o NÃO. A verdade seja dita, você não vai ser mais amada(o) só porque diz sim para tudo. Quem é bonzinho demais, está sempre ali pronto para ajudar, para qualquer coisa, esquecendo de si mesmo e de suas vontad

Consultas com mesa radiônica - Como são e para que servem?

A mesa radiônica entra em todas as minhas consultas de tarô, pois a utilizo para desbloquear energias estagnadas ou para harmonizar as energias mais densas que se manifestarem durante a análise do campo áurico na leitura de tarô. A mesa radiônica age de forma quântica, sempre atuando no nível  energético da pessoa de forma a equilibrar as energias da pessoa. Atua na harmonização de processos de depressão,  pois a mesa radiônica, uma vez equilibrando seus chakras, vai dar automaticamente mais ânimo e disposição para sua vida, trabalha também no processo de resgate da autoestima, tornando a pessoa mais iluminada, mais dinâmica e consciente de suas forças e seu potencial. Com o tratamento da mesa radiônica, em poucas sessões a pessoa já sente os resultados, pois ela age de forma muito rápida, logo a pessoa começa a sentir-se mais forte, mais dona de si e por consequência, todas as coisas começam a tomar um rumo positivo. É MUDANDO POR DENTRO QUE SE MUDA O QUE ESTÁ DE FORA. Quais as situaç