Arquivo do Blog

terça-feira, 8 de julho de 2014

Pessoas mimadas - no tarô a carta do mago

Pessoas mimadas querem tudo no seu tempo e do seu jeito, são ansiosas porque simplesmente não suportam esperar que as coisas aconteçam num tempo que não é o seu, pois têm dificuldade de aceitar e entender as necessidades e pontos de vistas dos outros.
Pessoas mimadas pensam nelas em primeiro lugar, embora muitas vezes acreditem com veemência que dão importância demais aos outros, mas isso não passa de um modo de ver as coisas um tanto quanto destorcido e isso é bem simples de se entender porque sentem uma necessidade imensa de serem agradados, de terem suas necessidades sempre supridas e como nunca querem ser contrariados procuram fazer de tudo para mostrarem-se bonzinhos, compreensivos, sempre querendo ajudar, mas esse comportamento tem como pano de fundo um enorme desejo de poder controlar as pessoas em sua volta, fazendo assim com que todos as vejam como pessoas maravilhosas e desta forma recebam de todos atenção, elogios e aplausos! E quando isso não acontece? Ah, é o mais puro drama! Digno de uma novela mexicana, as pessoas mimadas se sentem profundamente magoadas, excluídas, ignoradas, desvalorizadas - " Eu fiz tanto por fulano e ele não quis me ajudar quando eu pedi..." Quando as mágoas não levam a choros compulsivos e dor, gera raiva, cara amarrada, desejo de vingança e mal humor.

Nas cartas de tarô o mago é quem representa esse estilo comportamental, é o lado mais negativo do arcano que mostra imaturidade, irreverência, atitudes infantis e falta de sustentabilidade em si mesmo. O mago fala muito, faz muitas coisas ao mesmo tempo, se mostra uma pessoa extremamente versátil, repleto de idéias, sonhos, ilusões, mas no fundo é alguém que não se banca, que não sustenta seu interior correspondente à sua imagem, é um ser de aparências.

Pessoas mimadas sofrem mais, isso é inegável, pelo simples fato de esperarem dos outros aquilo que deveriam dar a si mesmas. Querem atenção, elogios, sentir dos outros o quanto são importantes e especiais, não suportam serem contrariadas, não aguentam rejeição, não aceitam críticas, olhares atravessados, indeferenças e não admitem de forma alguma que possa existir alguém que fale mal a seu respeito ou não goste delas, ou seja, vivem num mundo de fantasias. Acreditam e esperam que o mundo gire ao seu redor e isso é ilusório, quanto mais nos iludimos mais assinamos em baixo de um termo que diz: Estou me colocando numa situação que irá me fazer sofrer.

Mimo é sinônimo de carência e imaturidade. É uma personalidade que precisa crescer, aprender com a vida, entender e aceitar o tempo e jeito de ser das pessoas, se conscientizar de que as coisas não podem ser sempre do modo que esperam e desejam e não se sentirem rejeitadas apenas porque as outras pessoas não agem de acordo com suas expectativas. Precisam entender que cada um tem um modo de amar, de sentir, de demonstrar afeto e elogiar e que as pessoas não existem para suprir suas necessidades, mas sim para compartilhar e somar.

Vejo uma pessoa mimada como se fosse uma tartaruguinha fora do casco, sua pele sensível fere-se facilmente com qualquer mínimo atrito, não tolera as condições externas, pois é muito frágil. Uma pessoa mimada tem em seu interior a mesma mensagem: me trate bem senão irei sofrer. A tartaruga não criou casco por acaso, ela evoluiu... depois de tanto se ferir, depois de tanto ter que suportar os reveses da natureza e do meio externo, ela se fortaleceu, criou resistências e encontrou um meio de permanecer na vida de uma maneira melhor. Usei esta parábola para dizer a todas as pessoas mimadas que a vida não irá se adaptar à você, é você que deve se adaptar à vida.

Claro que o autoconhecimento é um processo importantíssomo para quem quer sair de uma situação e partir para outra, para isso o tarô é uma ferramenta ótima, que irá te mostrar os caminhos, direcionando você a encontrar seu equilíbrio e juntamente com a mesa radiônica, que age acelerando processos e equilibrando energias, estará então buscando o seu crescimento e fortalecimento para viver melhor e mais feliz.

Que tal uma consulta de tarô?




Drika Gomes
Taróloga e Numeróloga




Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário