Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2015

Vamos entender melhor a lei da atração?

Como você está se sentindo hoje? Como você vem se sentindo ultimamente, no decorrer desse ano? Como está sua vida e as situações em sua volta? Está satisfeito com os resultados que vem alcançando? E sua vida financeira está como deseja? Seu coração... seu amor, seu relacionamento está te trazendo felicidade? Entenda que tudo que ocorre na sua vida, não é por acaso. Nós atraímos as pessoas, as situações e todas as coisas que hoje vivenciamos são respostas que o universo nos manda para as nossas intenções. Então preste muita atenção nas suas intenções, no que sente, no que pensa, no que vibra... Sabemos que o rege o universo é a energia e somos feitos da mesma energia que criou tudo  o que existe no universo. Nossos pensamentos e sentimentos são as maiores fontes de energia que possuímos e nessas fontes se concentra todo o nosso potencial de criação da realidade. Uma mulher de 65 anos, sentia dores terríveis na cabeça por mais de 20 anos, depois de uma série de exames desde os mais simpl

A Páscoa na carta do Julgamento

O Aeon ( O Julgamento) Tarot de Toh Esta carta belíssima vem nos mostrar desde o momento em que uma sentença é tomada até as consequências finais deste ato, como estamos aqui nos remetendo a Páscoa, essa carta vem nos conduzir a uma viagem até o momento exato em que Cristo é julgado diante do trono de Poncio Pilatos, momento em que se cumpre uma etapa da jornada, o momento pelo qual não se pode fugir, é quando a vida chama para a prestação de contas. Cristo sabia que não poderia escapar daquele julgamento, era seu momento crucial, seu destino estava ali sendo cumprido e apesar de todas as agruras sofridas havia Nele a consciência de que tudo aquilo era do seu merecimento, era o que realmente tinha que ser e assim aceitou, estava colhendo o que plantou, era a hora da colheita. Esta é a carta que representa o momento em que se encara a verdade e é preciso ter coragem suficiente para aceitar aquilo pelo qual não se tem poder para mudar. É o momento da entrega, quando se adqui